Como dar entrada no Seguro Desemprego

seguro desemprego é um benefício do governo dado aos trabalhadores que precisam de apoio financeiro no momento em que são demitidos. Veja a seguir como dar entrada no seguro desemprego.

A nova regra impõe que, para a primeira solicitação, seja preciso ter estado na última função por pelo menos 12 meses. Para quem está na segunda solicitação, o tempo cai para 9 meses e na terceira solicitação, o tempo mínimo é de 6 meses. Essas modificações foram realizadas para diminuir o número de fraudes.

Além disso, o trabalhador precisa ter sido demitido sem justa causa, ou seja, quem pediu demissão ou teve uma causa justa para ser demitido, não tem direito ao benefício. Ele também se estende para pescadores em época de pausa e para quem foi resgatado de situações de escravidão.

Como dar entrada no Seguro Desemprego?

Após ser demitido, o empregado tem um prazo de até 120 dias para dar início a sua solicitação de seguro desemprego. Passado esse prazo, infelizmente, não será mais possível ter acesso ao benefício. Por isso, se você perdeu seu emprego recentemente, espere 7 dias e faça um agendamento no site oficial do SAA.

A partir do agendamento, o trabalhador será chamado para comparecer no PAT com os documentos exigidos para dar entrada ao processo. São eles:

  • Documento de identidade pessoal – Pode ser o RG ou a Carteira de Motorista
  • Cadastro de Pessoa Física, o CPF.
  • Carteira de trabalho constando o último registro na empresa.
  • Requerimento do Seguro Desemprego, que será impresso pelo seu antigo empregador – peça a ele assim que houver a demissão.
  • Todos os documentos que o empregador te entregará assim que você for demitido. Geralmente são os contratos de trabalho rescindidos e documentos que comprovam o depósito do seu FGTS. Em caso de dúvidas, leve todos os documentos que receber no ato da demissão.

Qual será o valor do seguro desemprego?

O valor depende muito da última função exercida. O mesmo vale para o número de parcelas. Procure o PAT da sua cidade e verifique essa informação. É preciso saber que para sacar seu benefício, será preciso ter um cartão cidadão, emitido pela Caixa Econômica Federal.

Se você não tiver este cartão, solicite em uma agência próxima. Com eles em mãos, basta ir a um caixa eletrônico e sacar o seguro desemprego no dia combinado.

Para saber qual será o dia de pagamento das próximas parcelas, é possível verificar a informação no site oficial da Caixa. Faça um cadastro com o número do PIS e uma senha eletrônica. Após isso, clique em “seguro desemprego” e verifique as informações necessárias.

Todo trabalhador que foi demitido sem justa causa tem direito ao seguro desemprego. Além disso, o governo busca fazer uma triagem assim que há a demissão, encaminhando o trabalhador para novas vagas de trabalho na mesma função anterior.

Por isso, é muito importante o cidadão comparecer ao PAT da sua cidade para tentar uma recolocação o mais rapidamente possível. Caso ela não ocorra, seu benefício estará garantido pelos meses estipulados. Viu como dar entrada no seguro desemprego não é muito difícil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *